Mandato Compartilhado abre vagas para novos Codeputados em SC

O professor de Administração Pública da UDESC (Universidade do Estado de Santa Catarina), doutor em Ciências Políticas, Leonardo Secchi, de Florianópolis, aposta na inovação para conquistar votos e um mandato a deputado estadual em Santa Catarina. Ele é candidato a uma das 40 vagas no Legislativo catarinense pelo PSB e propõe dividir o mandato com os cidadãos por meio do projeto de Mandato Compartilhado, chamado Codeputado, um modelo de cooperativa política.

Mandato Compartilhado abre espaço para cidadão sugerir leis

Não é só dividir o mandato com 1.000 cidadãos em todo o Estado, nem só aumentar a participação popular nas decisões públicas em Santa Catarina. O projeto Codeputado criado pelo professor de Administração Pública da UDESC, Doutor em Ciências Políticas, Leonardo Secchi, de Florianópolis, quer também compartilhar o processo de criação da agenda de propostas da campanha. É o que propõe a chamada pública lançada nesta semana e aberto até 5 de agosto para cadastrar proposições dos cidadãos catarinenses sobre os problemas e demandas a serem resolvidos no Estado, especialmente nas áreas de gestão pública, educação e inovação.