O que é um mandato compartilhado?

Um mandato compartilhado é uma modalidade de representação legislativa delegada em que o parlamentar (Deputado) compartilha o poder político com um grupo de pessoas (CoDeputados). Isso significa que o mandato não é propriedade individual do legislador. O parlamentar exerce um mandato junto às pessoas que o ajudaram a eleger: os CoDeputados. É compromisso dar transparência às ações, abrir debates no Mandato Compartilhado sobre as pautas legislativas e respeitar a vontade da maioria dos CoDeputados nas matérias de política pública que chegarem a voto em Plenária.

Por que um mandato compartilhado?

Um mandato compartilhado é uma forma de inovação política que traz respostas a crise de representatividade. Enquanto em um mandato legislativo tradicional (representação fiduciária) o eleitor muitas vezes se decepciona com o político por conta de traições, falta de transparência e defesa de interesses individuais ou corporativistas, em um mandato compartilhado o conjunto de CoDeputados se posiciona e determina como o legislador irá posicionar-se em cada votação em Plenária. O mandato compartilhado também radicaliza a transparência na atuação parlamentar para auxiliar o controle social. Por fim, um mandato compartilhado ativa a criatividade e energia política de uma grande massa de CoDeputados, que ajudam a elaborar projetos de lei tecnicamente consistentes nas diversas áreas de políticas públicas. Esse é o conceito de inteligência coletiva para a transformação da democracia representativa do Século XXI.

Conheça o projeto CoDeputado

O projeto CoDeputado é uma iniciativa da sociedade civil com o objetivo de compartilhar um mandato no Poder Legislativo de Santa Catarina.

Esse movimento é liderado pelo prof. Leonardo Secchi, professor de Administração Pública da UDESC, doutor em Ciências Políticas e especialista na formatação de mandatos compartilhados.

Missão

Ativar uma rede de lideranças políticas comprometidas em compartilhar uma mandato inovador, inspirador e exemplar para promover transformações na política e na gestão pública, contribuindo para a melhoria da vida dos catarinenses.

Visão

Fazer a campanha e o mandato de Deputado Estadual mais inovador, inspirador e exemplar da história da Assembleia Legislativa de Santa Catarina.

Os 7 Princípios

null

Defesa do interesse público

O interesse difuso, coletivo, o bem-estar geral, deve estar acima dos interesses individuais ou corporativistas.

null

Transparência

Transparência como valor fundante nas conversas, reuniões, decisões, na apresentação das fontes e aplicação dos recursos financeiros, de maneira educativa, e que convide os cidadãos ao controle social efetivo das atividades políticas.

null

Pluralismo

O entendimento que a riqueza da diversidade de gênero, raça, idade, classe, ideologia, proveniência ou crença deve ser respeitada, aceita e incentivada no Mandato Compartilhado para a construção de um convívio político pacífico e construtivo.

null

Justiça social

O entendimento que o Estado deve agir como agente de correção das injustiças sociais e deve elaborar políticas públicas que combatam a desigualdade social e regional.

null

Liberdade

O entendimento que o Estado deve garantir a liberdade de expressão, crença, orientação sexual e orientação política dos indivíduos.

null

Eficiência na gestão pública

A Administração Pública deve estimular a participação, ser eficiente, eficaz e responsiva na prestação de serviços públicos de qualidade.

null

Empreendedorismo

O Estado deve incentivar e garantir a liberdade de empreender social, política e economicamente com respeito e atenção à sustentabilidade (entendida como equilíbrio entre as dimensões econômicas, sociais e ambientais).

Bandeiras

Gestão pública

  • Eficiente
  • Transparente
  • Cargos comissionados de perfil técnico

Educação

  • Valorização do ensino básico, médio e da Universidade como transformadora da sociedade.

Inovação política

  • Mandato compartilhado
  • Formação da Rede Catarinense de Lideranças Inovadoras
  • Fomento a uma nova classe política para renovação nos municípios

Como irá funcionar?

O professor Leonardo Secchi é candidato a deputado estadual em Santa Catarina. Em 2018 vamos reunir 1.000 cidadãos catarinenses para fazer uma campanha eleitoral compartilhada, uma vitória compartilhada e o exercício conjunto do poder legislativo a partir de 2019. A cada decisão em plenária na Assembleia Legislativa, os CoDeputados poderão debater e decidir pelo aplicativo “Nosso Mandato” o posicionamento do Leonardo Secchi. Cada CoDeputado terá a fração de 0,1% do poder decisório do mandato. Também poderão submeter projetos de lei, acompanhar a tramitação e ter transparência imediata das ações e decisões do mandato.

Aplicativo Nosso Mandato

App desenvolvido pelo Instituto de Inteligência Política

Já somos 1083 CoDeputados em diversas cidades de Santa Catarina.

Seja um CoDeputado você também